"Não há outro livro que reúna tanta pesquisa psicológica e teoria sobre as experiências anômalas. É surpreendente o quanto sabemos sobre essas experiências incomuns a partir da pesquisa científica, embora elas ainda sejam um mistério para nós." - Arthur Hastings, Instituto de Psicologia Transpessoal, Palo Alto,CA.

"George Bernard Shaw definiu o milagre como "um evento que gera fé". O Variedades da Experiência Anômala é miraculoso porque é bem-sucedido na análise de eventos anômalos a partir de uma perspectiva rigorosa, aberta, científica. O livro merece seu lugar conscientemente posicionado na tradição da análise objetiva do subjetivo de William James. A psicologia moderna tem sido um pouco como a pessoa que procura suas chaves perdidas sob um poste de luz porque a luz é melhor neste local, concentrando-se primeiramente no comportamento, depois na cognição, e em seguida, na emoção. Cardeña, Lynn e Krippner lançaram grande luz para ajudar a expandir o território a ser explorado na busca pela resposta para experiências que desafiam o nosso poder de explicação." - David Spiegel, MD, Professor e Diretor Associado de Psiquiatria e Ciências Comportamentais da Escola de Medicina da Stanford University, Stanford, CA.

Variedades da experiência anômala

R$142,00
Variedades da experiência anômala R$142,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

"Não há outro livro que reúna tanta pesquisa psicológica e teoria sobre as experiências anômalas. É surpreendente o quanto sabemos sobre essas experiências incomuns a partir da pesquisa científica, embora elas ainda sejam um mistério para nós." - Arthur Hastings, Instituto de Psicologia Transpessoal, Palo Alto,CA.

"George Bernard Shaw definiu o milagre como "um evento que gera fé". O Variedades da Experiência Anômala é miraculoso porque é bem-sucedido na análise de eventos anômalos a partir de uma perspectiva rigorosa, aberta, científica. O livro merece seu lugar conscientemente posicionado na tradição da análise objetiva do subjetivo de William James. A psicologia moderna tem sido um pouco como a pessoa que procura suas chaves perdidas sob um poste de luz porque a luz é melhor neste local, concentrando-se primeiramente no comportamento, depois na cognição, e em seguida, na emoção. Cardeña, Lynn e Krippner lançaram grande luz para ajudar a expandir o território a ser explorado na busca pela resposta para experiências que desafiam o nosso poder de explicação." - David Spiegel, MD, Professor e Diretor Associado de Psiquiatria e Ciências Comportamentais da Escola de Medicina da Stanford University, Stanford, CA.