Tratado de Infectologia surge em sua 5ª edição, totalmente reescrito, atualizado e com importantíssimas modificações em seu texto, dos pontos de vista estrutural e didático.
Pode-se, ousadamente, dizer que é um novo livro.
A presente edição apresenta com profundidade os crescentes avanços nas investigações ligadas às bactérias e os vírus e a nova realidade das infecções sistêmicas, sobretudo a sepse, por suas altíssimas morbidade e mortalidade e os mais recentes estudos imunológicos, imunogenéticos e os de biologia molecular.
Soma-se ainda, ao trabalho científico dos autores, os problemas ligados à infecção hospitalar e outros epidemiológicos, cuja origem são as constantes migrações da população.
Apesar de sua dinâmica textual, o livro mantém-se conservador no que diz respeito às doenças parasitárias, particularmente as de nosso país.
Tratado de Infectologia, 5ª edição, apresenta: um editor científico; três editores adjuntos; 346 autores-colaboradores dos principais centros acadêmicos de pesquisa e de referência, do país e do exterior; dois volumes; 17 partes; 142 capítulos; e 2320 páginas.

Tratado de infectologia - 2 Volumes

R$1.408,00
Tratado de infectologia - 2 Volumes R$1.408,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Tratado de Infectologia surge em sua 5ª edição, totalmente reescrito, atualizado e com importantíssimas modificações em seu texto, dos pontos de vista estrutural e didático.
Pode-se, ousadamente, dizer que é um novo livro.
A presente edição apresenta com profundidade os crescentes avanços nas investigações ligadas às bactérias e os vírus e a nova realidade das infecções sistêmicas, sobretudo a sepse, por suas altíssimas morbidade e mortalidade e os mais recentes estudos imunológicos, imunogenéticos e os de biologia molecular.
Soma-se ainda, ao trabalho científico dos autores, os problemas ligados à infecção hospitalar e outros epidemiológicos, cuja origem são as constantes migrações da população.
Apesar de sua dinâmica textual, o livro mantém-se conservador no que diz respeito às doenças parasitárias, particularmente as de nosso país.
Tratado de Infectologia, 5ª edição, apresenta: um editor científico; três editores adjuntos; 346 autores-colaboradores dos principais centros acadêmicos de pesquisa e de referência, do país e do exterior; dois volumes; 17 partes; 142 capítulos; e 2320 páginas.