"Manual de Interações Fármaco-Alimento/Nutriente na Prática Clínica" é trabalho conjunto de Farmacêuticos e Nutricionistas dos Institutos que integram o Hospital das Clínicas: Instituto Central (IC), Instituto do Coração (InCor), Instituto da Criança (ICr), Instituto de Psiquiatria (IPq), Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e o Hospital Auxiliar de Suzano.
Como se sabe, as interações entre fármaco-alimento/nutriente podem, em caso de desconhecimento, reduzir ou potencializar o efeito de dado fármaco, trazendo grande problema na prática clínica. Deve-se assinalar que as interações mais importantes são aquelas que apresentam. de acordo com os estudos, alto risco para o fracasso do tratamento.
Neste trabalho, foram relacionados 365 fármacos associados a medicamentos e cujos efeitos foram pesquisados simultaneamente por duplas de Farmacêuticos e Nutricionistas. Esse tipo de metodologia fortaleceu a credibilidade dos resultados alcançados, portanto, a sua aplicabilidade na prática médica.
Para fins didáticos, o nome dos fármacos está em ordem alfabética, tendo, ao lado, a indicação do alimento ou nutriente envolvido na interação, a descrição dos efeitos resultantes, informações sobre o manejo e o risco do uso dos mesmos durante o período de amamentação.

Manual de interações fármaco-alimento/nutriente na prática clínica

R$70,00
Manual de interações fármaco-alimento/nutriente na prática clínica R$70,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

"Manual de Interações Fármaco-Alimento/Nutriente na Prática Clínica" é trabalho conjunto de Farmacêuticos e Nutricionistas dos Institutos que integram o Hospital das Clínicas: Instituto Central (IC), Instituto do Coração (InCor), Instituto da Criança (ICr), Instituto de Psiquiatria (IPq), Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e o Hospital Auxiliar de Suzano.
Como se sabe, as interações entre fármaco-alimento/nutriente podem, em caso de desconhecimento, reduzir ou potencializar o efeito de dado fármaco, trazendo grande problema na prática clínica. Deve-se assinalar que as interações mais importantes são aquelas que apresentam. de acordo com os estudos, alto risco para o fracasso do tratamento.
Neste trabalho, foram relacionados 365 fármacos associados a medicamentos e cujos efeitos foram pesquisados simultaneamente por duplas de Farmacêuticos e Nutricionistas. Esse tipo de metodologia fortaleceu a credibilidade dos resultados alcançados, portanto, a sua aplicabilidade na prática médica.
Para fins didáticos, o nome dos fármacos está em ordem alfabética, tendo, ao lado, a indicação do alimento ou nutriente envolvido na interação, a descrição dos efeitos resultantes, informações sobre o manejo e o risco do uso dos mesmos durante o período de amamentação.