O projeto da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, de lançar a Série Manual do Médico-Residente, demonstra a preocupação da instituição na formação de especialistas altamente qualificados.
O desenvolvimento da moderna endoscopia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo começou em 1974, quando o Serviço era chefiado pelo Dr. Shinichi Ishioka. Nesse serviço, aglutinou-se um contigente de cirurgiões e gastroenterologistas bastante motivados para o progresso da especialidade. A constante convivência com esses especialistas possibilitou a formação de endoscopistas com grande embasamento de conhecimentos, assimilando as noções da especialidade na sua profundidade e abrangência. O esforço contínuo do corpo docente formado nesse ambiente confere as características de especialistas com grande domínio de
conhecimentos, capazes de atender pacientes de alta complexidade clínica, bem como de realizar atos endoscópicos delicados e de grande exigência técnica. Hoje, já somam-se mais de quatro décadas em que este serviço consistente vem participando e contribuindo para o crescimento científico das várias especialidades que compõem a nossa instituição.
O presente Manual do Médico-Residente em Endoscopia é uma obra composta de 31 capítulos selecionados pelos editores, com base em revisão sistemática.

Endoscopia

R$167,00
Endoscopia R$167,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

O projeto da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, de lançar a Série Manual do Médico-Residente, demonstra a preocupação da instituição na formação de especialistas altamente qualificados.
O desenvolvimento da moderna endoscopia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo começou em 1974, quando o Serviço era chefiado pelo Dr. Shinichi Ishioka. Nesse serviço, aglutinou-se um contigente de cirurgiões e gastroenterologistas bastante motivados para o progresso da especialidade. A constante convivência com esses especialistas possibilitou a formação de endoscopistas com grande embasamento de conhecimentos, assimilando as noções da especialidade na sua profundidade e abrangência. O esforço contínuo do corpo docente formado nesse ambiente confere as características de especialistas com grande domínio de
conhecimentos, capazes de atender pacientes de alta complexidade clínica, bem como de realizar atos endoscópicos delicados e de grande exigência técnica. Hoje, já somam-se mais de quatro décadas em que este serviço consistente vem participando e contribuindo para o crescimento científico das várias especialidades que compõem a nossa instituição.
O presente Manual do Médico-Residente em Endoscopia é uma obra composta de 31 capítulos selecionados pelos editores, com base em revisão sistemática.